Páginas

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Review Robocop Spring Loaded Holster - Neca


Novo review direto da velha Detroid, patrocinado pela mega corporação Omni Consumer Products, também conhecida como OCP.

Quando li a notícia de que a Neca pegou a licença da velha franquia Robocop fiquei bem animado. A Neca já vinha fazendo um bom trabalho com os lançamentos da época e além do mais, com poucas figuras do policial de aço no mercado, todo lançamento é bem vindo. Enfim, protelei bastante a compra dessa figura por razões diversas, talvez a mais forte delas era a de que a action figure não estava no topo da minha lista de prioridades. Acabei me dando bem por essa espera, pois consegui o boneco em um preço bom e com um upgrade mais que bem vindo em relação ao primeiro modelo lançado.



Vamos falar do boneco em si. A escultura não decepciona em nenhum aspecto, todos os detalhes que vimos nos filmes do Robocop estão lá, sem tirar nem por - as inscrições de propriedade da OCP estão nos seus lugares, nos dois lados do capacete e na coxa esquerda. Os caras esculpiram até narinas por baixo de capacete!


Um pequeno detalhe que me chamou muito a atenção foi o fato dos calcanhares serem articulados e terem os seus movimento acompanhados pelos pistões na batata de aço da perna. Ótima sacada.


Nem tudo são flores, a minha figura veio com uma mancha acinzentada na parte traseira do torso. Lei de Murphy... ok, piada ruim.

O pino localizado atrás da coxa direita ativa o mecanismo de abertura da coxa.
O time da Neca ainda conseguiu dar algumas ótimas articulações ao corpulento personagem, fazendo com que o boneco faça poses que o Murphy jamais conseguiria fazer nem com todo o lubrificante de Delta City.


Apesar de todas as limitações impostas pelo próprio corpo do personagem, considero o nível de articulação bem acima do esperado. Mesmo existindo uma única ball joint no pescoço, as demais articulações unidirecionais dão conta do recado para posar o Robocop.


Falando do tal upgrade desta versão em relação a primeira, o receptáculo da coxa para armazenar a pistola Auto-9, essa feature foi brilhantemente construída. A peça aberta é um brinde ao saudosismo, e mesmo quando fechada não afeta em nada o visual da figura. A secção lateral da coxa inclusive é articulada, oferecendo a possibilidade de trabalhar ainda mais com a exposição do Robocop retirando a arma do "coldre" sem um visual prejudicado.



A pintura interna é inexistente, infelizmente, mas mesmo assim a cor do plástico cru não chega a incomodar.


Como único acessório extra, além da pistola obviamente, a figura vem acompanhada da mão extra com o dispositivo peculiar de acesso a dados e empalação alheia.



Para minha surpresa as mãos intercambiáveis saem e encaixam-se com facilidade. A pintura do pino de encaixe não é nenhum primor, mas não dá pra apontar isso como ponto negativo.




Apesar de ter gostado da figura, ainda fiquei com uma certa impressão que a Neca poderia ter feito algo mais. Não sei expor o que mais poderia ser melhorado neste Robocop, mas a figura não atingiu todo o seu potencial. Essa minha impressão não desqualifica de forma alguma o boneco como peça bacana para integrar qualquer coleção. A quem ainda estiver em dúvida, esse Robocop merece um lugar na sua estante.


Acho que a única pessoa que pode não ter curtido esse boneco é o Dick Jones.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...